TRUE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

Últimas Notícias:

latest

Destaque TOPO - 970x250 - Colégio Objetivo

Desatenção e desrespeito aos sinais de trânsito faz trem e ônibus se colidirem causando a morte fatal de uma pessoa

Trem e ônibus se chocam no DF e uma pessoa morre ANTT vai apurar as causas do acidente Foto tirada de vídeo antes da colisão entre o trem e ...

Trem e ônibus se chocam no DF e uma pessoa morre


ANTT vai apurar as causas do acidente


Foto tirada de vídeo antes da colisão entre o trem e o ônibus | Reprodução video whatsapp

Um trem de carga se chocou com um ônibus que cruzava uma linha férrea no Distrito Federal, na tarde desta sexta-feira (17). Uma pessoa, passageira do ônibus, morreu no acidente, ocorrido no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Um motorista que passava de carro pelo local filmou o acidente. No vídeo, é possível ouvir o trem apitando para o ônibus, que passava em baixa velocidade pela linha do trem. O motorista do ônibus chega a acelerar o veículo, mas não a tempo de evitar a colisão.

vídeo capturado de grupo no whatsapp de testemunha que estava no momento do acidente

Em nota, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), lamentou a vítima fatal do acidente e afirmou já ter acionado a concessionária Ferrovia Centro-Atlântica S.A., responsável pela malha férrea do Distrito Federal, para apresentar em 30 dias um laudo apontando as causas do ocorrido. Contudo, a agência entende, com base em análise prévia, que houve desatenção do motorista do ônibus no episódio. A violência do acidente foi tamanha, que a vítima não teve qualquer chance de livrar-se da consequencia do impacto, sendo arremessada para fora do veículo, caindo por cima da linha férrea, que ao ser atingido pelas rodas dos vagões, causou a separação do corpo em duas partes. 

Por respeito a família da vítima e demais amigos e parentes, nos abstemos de divulgar imagens que nos foram enviadas por testemunhas no local, mas por serem extremamente impactantes e chocantes, não as divulgaremos, mas as imagens e o video capturado, refletem a violência do impacto, e evidencia a desatenção e relevante despreocupação do motorista do coletivo, que mesmo vendo a sinalização sonora do trem, vendo a parada de outros veículos, ainda sim invadiu a linha férrea, mas sua velocidade não foi suficiente para atravessar totalmente o veículo para livrá-lo da colisão.

“Agência Nacional de Transportes Terrestres lamenta e expressa solidariedade aos familiares da vítima do acidente envolvendo um trem da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) e um ônibus do transporte coletivo do Distrito Federal, nesta sexta-feira (17/11), em Brasília. Em uma análise prévia realizada com as imagens do acidente, é possível observar que o coletivo avançou a passagem em nível sem atentar para a sinalização do local e para os avisos de emergência emitidos pela composição ferroviária”.

Não existe cancela que impeça o trânsito de veículos ou pedestres pela linha férrea no momento da passagem do trem. Há, porém, placas alertando para a possibilidade de aproximação de uma composição e orientações para que o motorista fique atento no cruzamento.

“Como medidas de segurança, as passagens em nível contêm os elementos necessários para a sinalização e alerta aos pedestres e condutores. Além disso, na proximidade das passagens em nível, há procedimentos rigorosos em que o maquinista deve reduzir a velocidade, acender os faróis e acionar o sinal sonoro (buzina). Desse modo, é importante que o motorista esteja sempre atento à sinalização no local, obedecendo às orientações dos elementos de sinalização (placas, sinais sonoros, etc)”, acrescentou a ANTT em sua nota.

A Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) do DF divulgou nota solidarizando-se com os envolvidos no acidente e afirmando que aguardará o resultado das investigações a fim de esclarecer os fatos.

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil