Page Nav

Grid

GRID_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Destaques:

latest

Classic Header

ESTADOS | Mendanha se alia ao atraso que arrebentou com as cidades do Entorno

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha se alia a Marconi Perillo e acredita que terá apoio dos municípios do Entorno   Para su...

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha se alia a Marconi Perillo e acredita que terá apoio dos municípios do Entorno  



Para subir na vida política, como aconteceu com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, a trairagem e a ingratidão fazem parte do jogo. Ele vai  deixar o MDB nos próximos dias, e se aproxima, escancaradamente, do ex-governador Marconi Perillo (PSDB).

Mendanha vai se juntar ao atraso para disputar o Palácio das Esmeraldas nas eleições do próximo ano. Ao ser projetado na política pelas mãos do ex-governador e ex-prefeito Maguito Vilela (MDB), falecido em janeiro deste ano, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, começou a fazer um caminho torto rumo ao marconismo. 

Mendanha caiu nos braços de Marconi, mentor de uma oligarquia nababesca e corrupta, que por 20 anos arruinou  o Estado e levou à miséria os 29 municípios do Entorno. É dado como certo a forte aliança entre o DEM, do governador Ronaldo Caiado, e o MDB de Daniel Vilela para a disputa da reeleição. Daniel Vilela será o vice. Henrique Meirelles (PSD) será o candidato a senador. 

Marconi Perillo ofereceu guarida a Gustavo Mendanha, caso saia do MDB, como prometido, para disputar a eleição na condição de candidato a governador. 

Mesmo que se filie a outro partido, Marconi oferece-lhe em nome de uma aliança, a deputada estadual Lêda Borges(PSDB) para a vaga de vice. 

Logo ela que foi fragorosamente derrotada na eleição municipal do ano passado, pelo prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (MDB). 

Como se vê, o prefeito de Aparecida de Goiânia está inclinado a entrar na barca furada do marconismo. Isso por que, ninguém tem dúvidas que o governador Ronaldo Caiado, tornou-se o maior líder político da região e que vai vencer as eleições do próximo ano. 

As pesquisas apontam que o governador está no topo da aprovação popular e contará com o apoio político da ampla maioria dos prefeitos. No caso do Entorno, Caiado está fazendo em três anos o que Marconi não fez em 20: um governo inclusivo, voltado para uma região esquecida, há décadas, pela oligarquia marconista.

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!