TRUE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

Últimas Notícias:

latest

Destaque TOPO - 970x250 - Colégio Objetivo

Desenvolvedores de Games Brasileiros na Alemanha: Uma Jornada em Busca de Parcerias

Em um esforço conjunto para internacionalizar o setor, profissionais do Brasil estão na Gamescom, visando oportunidades no mercado global de...

Em um esforço conjunto para internacionalizar o setor, profissionais do Brasil estão na Gamescom, visando oportunidades no mercado global de games.

Uma delegação de 60 profissionais brasileiros marca presença na Gamescom, um dos maiores eventos de jogos eletrônicos do mundo, que ocorre em Colônia, Alemanha. Esta ação é parte do projeto de internacionalização do setor de games brasileiro, uma iniciativa entre a ApexBrasil, Abragames e o Ministério da Cultura (Minc).


O Gamescom, que começou na última quarta-feira (23) e se estenderá até domingo (27), tornou-se um palco para estúdios brasileiros de games, como a Aoca Game Lab, apresentarem seus trabalhos e buscarem parcerias internacionais. Fundada em Salvador em 2016, a Aoca Game Lab é reconhecida pelo seu jogo "Árida", uma aventura que narra a história de Cícera, uma garota de 13 anos que vive no árido sertão brasileiro no fim do século 19. Em sua jornada, ela busca o povoado histórico de Canudos. O CEO da Aoca, Filipe Pereira, destaca que a trama foi "desenvolvida em torno dessa relação do universo ficcional com esse evento histórico que é muito importante para a formação da identidade do país".

O sucesso do jogo, lançado em 2019, inicialmente para computadores, foi notável. A aclamação do público levou a game a ser adaptado para celulares e traduzido para 12 idiomas, além do português e inglês. Com vistas ao futuro, Pereira expressa sua ambição de expandir o alcance comercial de "Árida" e garantir a continuidade da série. "Nosso objetivo é encontrar novas plataformas de distribuição e também buscar parceiros para o desenvolvimento de 'Árida 2'", compartilha.

Além disso, é válido destacar o crescimento significativo do mercado de games no Brasil. Segundo dados do Ministério da Cultura, o setor gera uma receita anual superior a US$ 2,3 bilhões. Notavelmente, 25% das empresas de games que atuam no Brasil são internacionais. Além disso, em menos de uma década, desde 2014, o número de estúdios brasileiros dedicados ao desenvolvimento de jogos eletrônicos aumentou expressivamente, saltando de 200 para mais de mil.

A presença marcante de desenvolvedores brasileiros na Gamescom ressalta o potencial e a relevância do setor de games no país. O crescente interesse internacional nos jogos brasileiros é testemunha do talento, da criatividade e da capacidade técnica dos profissionais brasileiros. À medida que o mercado global de games continua a crescer, as oportunidades para o Brasil se consolidar como um player-chave nesse cenário são imensas.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil