Page Nav

HIDE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

DISPONÍVEL

Últimas Notícias:

latest

Scalercio Imobiliária

TBR | Ajuda do "Auxílio Brasil" só compra cesta básica em apenas 3 capitais brasileiras

Auxílio Brasil de R$ 600 compra cesta básica em apenas três capitais Em 2020, quando mesmo valor foi pago no auxílio emergencial era possíve...

Auxílio Brasil de R$ 600 compra cesta básica em apenas três capitais
Em 2020, quando mesmo valor foi pago no auxílio emergencial era possível comprar os itens em todas unidades da federação

Inflação mensal em junho de 2020 era de 0,26%, dois anos depois índice está em 0,67%EDU GARCIA/R7 - 19.07.2022

O Auxílio Brasil de R$ 600, que começa a ser pago na próxima terça-feira (9), é suficiente para comprar cesta básica em apenas três capitais, em João Pessoa (R$ 586,73), Salvador (R$ 580,82) e Aracaju (R$ 549,91).

Há dois anos, quando o auxílio emergencial do mesmo valor começou a ser liberado para diminuir os impactos da pandemia de coronavírus, com o mesmo valor era possível comprar a cesta básica em todos os estados

Os dados são referentes aos valores de junho deste ano, da última Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). E a comparação é feita com os dados de junho de 2020.

Segundo o IPCA (Índe de Preços ao Consumidor Amplo), medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a inflação mensal em junho de 2020 era de 0,26%, nos últimos 12 meses imediatamente anteriores, o índice acumulava alta de 2,13%.

Desde então, o aumento de preços acelerou de forma significativa. No mesmo mês de 2022, a inflação registrada foi de 0,67% e em um ano o percentual é de 11,89%. A próxima divulgação do IPCA, referente a julho, será na terça-feira (9).

A cesta básica em junho de 2020 em João Pessoa custava R$ 430,44, em Salvador R$ 580,82 e em Aracaju R$ 549,91. No mesmo período, em São Paulo, local mais caro, a quantia a ser desembolsada era de R$ 547,03.

Preço em junho de 2020 e no mesmo período de 2022

São Paulo – de R$ 547,03 para R$ 777,01
Florianópolis – de R$ 516,97 para R$ 760,41
Porto Alegre – de R$ 512,40 para R$ 754,19
Rio de Janeiro – de R$ 512,84 para R$ 733,14
Campo Grande – de R$ 475,01 para R$ 702,65
Curitiba – de R$ 506,04 para R$ 701,26
Brasília – de R$ 450,45 para R$ 698,36
Vitória – de R$ 500,01 para R$ 692,84
Goiânia – de R$ 480,78 para R$ 674,08
Fortaleza – de R$ 464,31 para R$ 657,00
Belo Horizonte – de R$ 475,19 para R$ 648,77
Belém – de R$ 453,87 para R$ 632,26
Recife – de 435,30 para R$ 612,34
Natal – de R$ 442,46 para R$ 611,79
João Pessoa – de R$ 430,44 para R$ 586,73
Salvador – de R$ 419,18 para R$ 580,82
Aracaju – de R$ 420,03 para R$ 549,91

Salário mínimo

O salário mínimo necessário para a manutenção uma família de quatro pessoas era de R$ 4.595,60, em junho de 2020, enquanto o mínimo vigente era de R$ 1.045,00, na época em que o auxílio emergencial começou a ser distribuído, segundo o Dieese. Dois anos depois, essa quantia saltou para R$ 6.527,67, sendo que o piso atual é de R$ 1.212,00.

Novo valor

Mais 2,2 milhões de famílias vão passar a receber o Auxílio Brasil de R$ 600 neste mês. Ao todo, o programa de transferência de renda passará a contemplar 20,2 milhões. A Caixa começa a pagar daqui a uma semana, em 9 de agosto, o benefício de R$ 600, além do Auxílio Gás, com aumento de 50%.

O crédito dos benefícios, previsto inicialmente para ser realizado no dia 18, será antecipado para a partir do dia 9.

Os primeiros a receber são os beneficiários com NIS de final 1. Os valores já estão disponíveis para consulta nos aplicativos Auxílio Brasil e Caixa Tem.

O pagamento seguirá de forma escalonada, de acordo com o final do NIS do beneficiário, com término no dia 22, para as pessoas com NIS de final 0.

O aumento de beneficiários faz parte da PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Benefícios Sociais, promulgada em julho pelo Congresso Nacional. A medida autoriza o governo federal a gastar R$ 41,2 bilhões para conceder benefícios sociais apenas até o fim do ano, com início do pagamento a alguns meses das eleições.

Além de aumentar o valor de R$ 400 para R$ 600 até o fim do ano, a PEC concede um auxílio financeiro a caminhoneiros e taxistas e amplia o valor do Auxílio Gás.

A nota de R$ 10 compra hoje o que poderia ser comprado há cinco anos com R$ 7,50, desvalorização de aproximadamente um quarto. A perda do poder de compra da cédula é de 86,70% desde 1994, quando o Plano Real foi lançado. Isso significa que, o que você adquire com R$ 10,00, era possível comprar com apenas R$ 1,33 há 28 anos. A inflação acumula alta de 33,6% desde de 2017 e aumento de 653,07% desde 1994. Os cálculos são do matemático financeiro José Dutra Vieira Sobrinho

FONTE: NOTÍCIAS R7 | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.BR/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo


Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil