Page Nav

HIDE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

DISPONÍVEL

Últimas Notícias:

latest

Scalercio Imobiliária

TBR | Saiba quem é o “Delegado Romani”, que revolucionou no combate ao crime do Pix e agora é candidato a Deputado Estadual do núcleo Marçal

Pablo Marçal - Presidente da República - 90, Jornalista Walter Brito - Deputado Federal 9033 (PROS/SP) e o Delegado ...

Pablo Marçal - Presidente da República - 90, Jornalista Walter Brito - Deputado Federal 9033 (PROS/SP) e o Delegado Romani - Deputado Estadual 90011 (PROS/ SP) 


Luiz Romani, conhecido como Delegado Romani, é um dos nomes fortes que o candidato à presidência da República Pablo Marçal (Pros) aposta para construir uma bancada governalista forte, tanto no Congresso Nacional como nas assembleias legislativas pelo país.

O paulistano Romani, de 39 anos, é amplamente conhecido na segurança pública do estado de São Paulo por sua atuação em diversas delegacias territoriais e em departamentos especializados, como DEIC-SP e Corregedoria Geral da Polícia, sendo efetivo no combate ao crime organizado, bem como, sua atuação em casos emblemáticos.

O Delegado Romani tem 39 anos. Com toda energia e coragem, ele ajudará  de forma efetiva o Pablo Marçal na área da segurança pública de São Paulo e do Brasil

Morte do Chorão, vocalista da Banda Charlie Brow Jr

O Delegado Romani foi a primeira autoridade policial a chegar até o apartamento, onde o corpo do cantor foi encontrado sem vida por seu motorista. O delegado conta que, ao entrar no apartamento na região de Pinheiros, na cidade de São Paulo, encontrou sinais do que teria acontecido. "O apartamento e o corpo tinham nítidos sinais de que houve ali uma crise ("surto"), e a morte foi causada por uma "overdose". Romani destaca: "a cena 'fala' e com a experiência que nós (policiais) temos, não fica difícil perceber os sinais e indícios para sabermos o que realmente aconteceu."

A falsa vidente

Outro caso de grande repercussão na mídia, foi o crime da "falsa vidente", que esclarecido pela equipe coordenada pelo Delegado Romani, após meses de investigação, contou o destemido Delegado, "era uma "quadrilha familiar" de ciganos, a matriarca abordou, neste crime, umas vítimas, em um Hospital renomado e aproveitou o problema de saúde e a fragilidade emocional, para se oferecer para ajudar com o problema ´espiritual'. A partir daí, começou a extorsão. A Associação criminosa desviou mais mais de 50 milhões de reais". O Delegado Romani destacou ainda que é cultural destes ciganos passar as habilidades do crime ("Know How") de pai para filho, sendo praticamente uma Universidade do crime, onde se formam profissionais do engodo ("estelionatários"), ao todo foram cumpridos 11 mandados de prisão, da mesma família, além de diversos mandados de busca e apreensão domiciliar, sendo que até os mais jovens estavam aprendendo como cometer este tipo de crime".

O Delegado Romani é o policial que mais prende em São Paulo

A revolução no combate ao crime do Pix


A especialidade do Delegado Romani é o combate ao crime organizado e, assim como no crime da falsa vidente, presidiu muitas investigações de crimes patrimoniais, o que permitiu ao Delegado desenhar a estratégia que revolucionou o combate ao crime de sequestro, conhecido como "quadrilha do pix".

O Delegado Romani conta como é esta recente modalidade de crime, "se assemelha muito com o sequestro, a diferença é que, com a tecnologia, quem paga o resgate é a própria vítima e não um terceiro", e explica qual foi a estratégia de enfrentamento, "o que faziam antes é enquadrar como "sequestro relâmpago", artigo 158, parágrafo terceiro. Eu enquadrava no artigo 159 (artigo), delito mais grave, o qual é extorsão, mediante sequestro, na modalidade que a própria vítima paga sua liberdade. E mais, peço a prisão também daqueles que emprestam a conta para receber o dinheiro do crime, pois são partícipes essenciais para a consumação do delito".

Este tipo combate a criminosos proporcionou o efeito esperado. "Nós prendemos bastante, de 2020 para cá foram mais de 200 mandatos expedidos pela Justiça nas investigações que comandei e a modalidade começou a ficar menos atrativa na nossa região do Butantã, para os criminosos".

Porém, afirma que é necessário manter a intensidade no combate desta modalidade de crime, o qual assola a sociedade", finalizou.

O Delegado Romani político

Depois de mais de 10 anos como delegado, Romani sentiu a necessidade de colaborar com a sociedade de uma forma diferente. "Como Delegado dei o meu melhor e, efetivamente, com o auxílio das minhas equipes, consegui dar uma resposta a sociedade porque eu realmente combati o crime. Mesmo assim, quando eu olho para trás, vejo que fiz pouco, porque os índices de criminalidade continuam subindo, então eu decidi continuar lutando de uma forma diferente" explicou o Delegado.

"Entendi que, como especialista em Direito Criminal, eu preciso participar da construção da lei, e não mais cumprir apenas", explicou o candidato a Deputado Estadual (Pros), intitulado por Pablo Marçal como "O Delegado que mais prende em SP".

Propostas

As propostas do futuro Deputado Estadual são profundas transformações na segurança pública tais como, "RISCO ZERO, maior respaldo e preparação do policial investindo, por exemplo, no desenvolvimento de inteligência emocional, e cuidados pós traumáticos. Romani pretende também reformar a Lei Orgânica da Polícia de São Paulo (LOP).

Outra proposta abordada pelo candidato é a "POLÍCIA AMIGA DA ESCOLA", que consiste em aproximar a polícia das nossas crianças, futuro desta nação, a fim de resgatar os valores, direcionamento profissional e esportivo, para afastá-las dos exemplos ruins das ruas. Romani planeja investir no esporte para oferecer uma formação mais ampla para os jovens, hierarquia e disciplina.

Hospital Infantil do Câncer, " NOVA CHANCE"

Entre 14 e 16 anos, Luiz Romani enfrentou (e venceu) por duas vezes o câncer. Por ter presenciado a dificuldade que sua família teve para arcar com os altos custos dos tratamentos de câncer, o Delegado Romani planeja trabalhar fortemente na Assembleia Legislativa de São Paulo com a Pauta "NOVA CHANCE" que consiste em abatimento de impostos estaduais para as empresas que contribuírem com Hospitais de Câncer Infantil.

Artigo escrito pelo jornalista Walter Brito, SENDO SEU CONTEÚDO DE ÚNICA E EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DE SEU AUTOR.

FONTE: WALTER BRITO | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.BR/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil