Page Nav

HIDE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

GRUPO M4 COMUNICAÇÃO

Últimas Notícias:

latest

Destaque TOPO - 970x250 - GRUPO M4

BRASIL chega a Doha com a missão de trazer o HEXA e já começa pela SÉRVIA amanha (24) às 16hs

Brasil x Sérvia: veja onde assistir, escalações e horário Tudo o que você precisa saber sobre o jogo que marca a estreia da Seleção na busca...

Brasil x Sérvia: veja onde assistir, escalações e horário
Tudo o que você precisa saber sobre o jogo que marca a estreia da Seleção na busca pelo hexa

Brasil chega a Doha em busca do HEXA e pretende trazê-lo | Foto: ©Tribuna do Brasil

A busca da seleção brasileira pelo hexacampeonato da Copa do Mundo começa nesta quinta-feira, quando o time de Tite enfrentará a Sérvia, às 16h (de Brasília), no estádio Lusail, em Doha, no Catar. O confronto do Grupo G marca a estreia das duas equipes na Copa do Mundo. 

O Brasil chega em alta para este Mundial, sem problemas físicos e com Neymar e os atacantes convocados vivendo grande fase. Por isso, é tratado como um dos favoritos ao título, que não vem desde 2002.

– A história (do Brasil em Copas) é linda e traz pressão, sim, mas tem também a tranquilidade de saber das oportunidades que surgem na vida, que sonhar faz parte. Então sonhamos fazer uma grande Copa e ser campeão. E se não for, fazer o melhor – resumiu Tite.

Para este jogo, o treinador faz mistério, mas prepara o time da estreia mais ofensivo, com Vinicius Jr entre os titulares, em vez do volante Fred.

Já a Sérvia deve ter um meio de campo muito combativo e um ataque poderoso, sem medo e em busca da vitória contra a seleção brasileira. Quatro anos depois da derrota por 2 a 0 para o Brasil e eliminação ainda na primeira fase da Copa da Rússia, agora os sérvios querem estrear bem para chegar às oitavas de final.

– Devemos esperar a melhor Sérvia, corajosa, que disputará o melhor futebol e buscará um resultado excelente. O Brasil é um dos melhores times do mundo, tem uma geração de ouro, e certamente esperamos um jogo muito difícil. Mas, como time, temos que nos concentrar no nosso próprio estilo de futebol, com nossas habilidades técnicas e táticas para ser um bom adversário para o Brasil. O jogo começa 0 a 0. O Brasil tem chance de ganhar, mas a Sérvia também – disse o técnico Dragan Stojkovic, na véspera da partida.

Com jogadores remanescentes do título mundial sub-20 de 2015, sobre o Brasil, nesta Copa a Sérvia aposta no ótimo momento e entrosamento do capitão e camisa 10, o "rei das assistências" Dusan Tadic, com o artilheiro Aleksandar Mitrovic.

Escalações prováveis

Brasil - Técnico: Tite

A Seleção começou a preparação para a Copa com uma dúvida: Fred seria o volante ao lado de Casemiro, com Paquetá mais adiantado, ou Vini Jr entraria na equipe? Tite não fez o anúncio, mas como o ge revelou, o técnico treinou a equipe nesta semana com Vinicius.

Assim, Fred começará no banco de reservas, e Paquetá será recuado. A formação é inédita, pois na vitória por 3 a 0 sobre Gana, em setembro, Tite adotou equipe parecida, porém com laterais diferentes. Na ocasião, Éder Militão e Alex Telles foram os titulares.

Provável escalação: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro e Lucas Paquetá; Raphinha, Richarlison, Neymar e Vini Jr.
Quem está fora: Ninguém.

Sérvia - Técnico: Dragan Stojkovic

A Sérvia poderá contar com o atacante Mitrovic, uma das estrelas da seleção. O jogador do Fulham, da Inglaterra, tinha sofrido uma lesão no pé em 29 de outubro e ainda não havia se recuperado até a chegada ao Catar. Por causa do problema, Mitrovic ficou fora do amistoso contra o Bahrein, o último da preparação para a Copa do Mundo. Agora, porém, está bem fisicamente para enfrentar o Brasil.

Em contrapartida, o treinador Stojkovic ainda não sabe se poderá contar com o meia Filip Kostic, que defende a Juventus, também em recuperação de lesão. Sem ele, o substituto deve ser Filip Mladenovic, do Legia Varsóvia, da Polônia, para fechar o meio de campo pela esquerda.

Provável escalação: Vanja Milinkovic-Savic; Milenkovic, Veljkovic e Pavlovic; Zivkovic, Gudelj, Sergej Milinkovic-Savic, Mladenovic (Kostic) e Tadic; Mitrovic e Vlahovic.

Quem está fora: Ninguém.

Arbitragem:

Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Assistente 1: Mohammadreza Mansouri (Irã)
Assistente 2: Mohammadreza Abolfazli (Irã)
VAR: Abdulla Al-Marri (Catar)

FONTE: GE | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil