Page Nav

HIDE

Latest Posts

TRUE
{fbt_classic_header}

GDF - CAMPANHA AMAMENTAÇÃO

Últimas Notícias:

latest

Destaque TOPO - 970x250 - GRUPO M4

SERVIDORES do GDF foram identificados por participação nos atos antidemocráticos do dia 8 de janeiro

Confira a lista de servidores envolvidos em manifestação antidemocrática Os 17 servidores identificados são vinculados a órgãos do GDF, que ...

Confira a lista de servidores envolvidos em manifestação antidemocrática
Os 17 servidores identificados são vinculados a órgãos do GDF, que segue com as investigações sobre os envolvidos

Servidores do GDF são identificados nos atos antidemocráticos | Foto: Agência Brasília

A Controladoria-Geral do DF (CGDF) deu seguimento ao Procedimento de Investigação Preliminar e identificou, até agora, 17 servidores civis com vínculo ao Governo do Distrito Federal (GDF), e que possam ter participado do ato antidemocrático ocorrido no dia 8 de janeiro, em Brasília. As investigações ainda seguem em curso.

Vale lembrar que, no dia 9 de janeiro, a CGDF abriu Processo Investigativo Preliminar para apurar possível participação de servidores do GDF em atos de invasão e depredação de patrimônios públicos durante o ocorrido no dia 8 de janeiro, na Esplanada dos Ministérios. A Controladoria reforçou que os servidores civis, em exercício, que fossem identificados como tendo participado ou contribuído em condutas irregulares seriam responsabilizados no rigor da lei.

Confira a lista dos servidores identificados pela Controladoria-Geral do DF e que podem responder disciplinarmente por participar ou contribuir para os atos do dia 8 de janeiro:
– 4 servidores da Secretaria de Saúde
– 3 servidores da Secretaria de Educação
– 2 servidores da Secretaria de Justiça e Cidadania
– 1 servidor do Instituto Brasília Ambiental
– 2 servidores da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração
– 1 servidor da Secretaria de Desenvolvimento Social
– 1 servidor da Procuradoria-Geral do DF
– 1 servidor da Secretaria de Esporte e Lazer
– 1 servidor da Secretaria de Administração Penitenciária
– 1 empregado público da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap)

Os casos incluídos na investigação da Controladoria-Geral do DF vieram de denúncias sobre o ato, registradas por meio do participa.df.gov.br, além da investigação realizada pela CGDF ao examinar as listas de presos divulgadas pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), dados trocados entre órgãos do GDF e as notícias de imprensa relacionadas ao fato. As investigações ainda seguem em curso.

Denúncias

O canal participa.df.gov.br segue aberto para que a população possa denunciar servidores do GDF envolvidos no ato antidemocrático, além de outras possíveis irregularidades. É importante que o cidadão, ao denunciar, inclua todos os dados possíveis para a investigação, como nome, local, contatos e tudo o mais que souber. Por meio da Ouvidoria do GDF, o cidadão também pode registrar reclamações, elogios, solicitações e pedidos de informação.

O site funciona sem limite de horário e é possível anexar documentos, fotos e vídeos como prova do registro. É possível, inclusive, realizar a denúncia de forma anônima, porém o denunciante não consegue acompanhar a evolução do registro por conta do anonimato. Já os que se identificarem podem acompanhar a resposta no próprio endereço.

*Com informações da Controladoria-Geral do DF

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃOTRIBUNA DO BRASIL

Nenhum comentário

Obrigado por contribuir com seu comentário! Ficamos felizes por ser nosso leitor! Seja muito bem vindo! Acompanhe sempre as nossas notícias! A equipe Tribuna do Brasil agradece!

Oferecimento Tribuna do Brasil & Agência Brasil